domingo, 26 de dezembro de 2010

Porque eu não posso fingir que quero estar sozinha quando o meu ser transborda companhia.

 
"...O amor me tira coisas que eu não gosto, coisas que eu talvez gostasse, mas me dá em dobro o que nunca tive: um namoramento por ele mesmo. O amor me tira aquilo que não serve mais e que me compunha antes. O amor tirou de mim tudo que era falta."

 


(Marla de Queiroz)

Um comentário:

CYWMARA WADISQUY disse...

O AMOR pode tudo!!


LINDOOO

XERO