domingo, 5 de setembro de 2010


Ela: Você pode segurar minha mão, se quiser.
Ele: Estou agarrado nela.


Ela então suspirou e pensou que estariam juntos para sempre.
Ele parece que leu os pensamentos dela.
Desde então nunca mais se largaram. E caminharam de mãos dadas, partilhando até o medo.

Um comentário:

Lih Neta disse...

Lindo post e obrigada pelo carinho no meu cantinho!
=]